Após pedido de Célio Batista governo envia calcário para Vilhena, presidente da Câmara e vereador conferem entrega

por Hayslla Mikaella do Couto publicado 18/06/2017 17h20, última modificação 18/06/2017 17h20
Calcário foi requisitado por Célio quando ainda era prefeito no ano passado e foi viabilizado agora por Goebel e Padovani.

O ex-prefeito de Vilhena e atualmente vereador, Célio Batista (PR) e o presidente da Câmara de Vereadores, Adilson de Oliveira (PSDB), visitaram na manhã desta quarta-feira, 14 de junho, as instalações do antigo Verdurão, onde estão sendo descarregadas cerca de 1.000 toneladas de calcário que serão destinados aos produtores rurais de Vilhena.

A carga de calcário foi um pedido de Célio Batista quando estava à frente da prefeitura de Vilhena, entre os meses de novembro e dezembro, para dar incentivo aos agricultores da cidade, que usam o calcário para corrigir imperfeições do solo e aumentar a produtividade.

“Tenho muito a agradecer ao deputado Luizinho Goebel e ao secretário de agricultura, Evandro Padovani que viabilizaram esse meu pedido do ano passado. Acredito que vamos contribuir muito para a produtividade de nossa terra neste e no próximo ano com a distribuição desse calcário”, salientou Célio.

Adilson de Oliveira considera o incentivo um grande passo para os produtores de Vilhena, “estamos vendo aqui a oportunidade de alavancar um pouco mais a produção de nosso município, que vai gerar renda e empregos se bem distribuído. Esse calcário é doado pelo governo estadual mediante requerimento dos municípios, e mesmo em pouco tempo de governo, o Célio foi muito feliz na requisição desse calcário para Vilhena”, completou.

Até este quarta-feira já haviam sido descarregados 400 toneladas de calcário e até o fim de semana estima-se que as mil toneladas sejam entregues. Funcionários da Cooperativa de Transportes de Rondônia (CTR) estão realizando o trabalho de descarregamento.

“Espero e peço a colaboração de todos os vereadores de Vilhena para fiscalização da correta distribuição do calcário a todos os produtores de Vilhena, para que possamos ter uma igualdade nessa distribuição, sem qualquer tipo de favorecimento”, finalizou Célio Batista.

 

DICOM - Câmara de Vilhena